« Voltar
ASSEMBLEIA HOMENAGEIA ATUAÇÃO DA INDÚSTRIA JAPONESA EM MINAS

Participei nesta segunda-feira, ao lado do presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, deputado Adalclever Lopes (PMDB), da recepção ao novo embaixador do Japão no Brasil, Sr. Satoru Satoh, do diretor executivo da Nippon Steel & Sumitomo Metal Empreendimentos Siderúrgicos de operações das Américas, Kazuhiro Egawa e da comitiva japonesa.

O embaixador esteve em visita ao estado para participar da Reunião Especial de Plenário na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) homenageou nesta segunda-feira (19/6/17) os 60 anos de atuação da indústria japonesa no Estado.

Durante o evento, o deputado Felipe Attiê (PTB), autor do Requerimento que deu origem a solenidade, entregaram uma placa alusiva a esta homenagem ao embaixador do Japão no Brasil, Satoru Satoh e ao diretor executivo da Nippon Steel & Sumitomo Metal Empreendimentos Siderúrgicos de operações das Américas, Kazuhiro Egawa.

Para o deputado Felipe Attiê, os japoneses sempre foram bons parceiros e através de seus conhecimentos, mundialmente reconhecidos, nos ensinaram a plantar nas terras consideradas improdutivas do Cerrado, que hoje são um celeiro produtivo de Minas. O parlamentar também exaltou o esforço do governador Rondon Pacheco, queem sua belíssima gestão, construiu o hospital da Usiminas, além de trazer a Fiat e mais 479 empresas para Minas.

As primeiras empresas japonesas entraram no mercado brasileiro entre 1957 e 1962. A Usiminas é exemplo de empresa com aporte de capital nipônico: em 1957, a assinatura do acordo Lanari-Horikoshi permitiu investimentos em tecnologia e equipamentos na companhia, então sob controle estatal.

Também foram homenageados Rondon Pacheco Fonseca Pinto, neto de Rondon Pacheco e Amaro Lanari Neto, filho de Amaro Lanari Filho, ex-presidentes da Usiminas.

 





ASSEMBLEIA HOMENAGEIA ATUAÇÃO DA INDÚSTRIA JAPONESA EM MINAS




INSTAGRAM
TWITTER
FACEBOOK