« Voltar
Vereador em Uberlândia (2001 – 2004)

Em 2000, nas eleições municipais, foi reeleito vereador com 3.298 votos, exercendo seu segundo mandato como um dos mais combatentes líderes da oposição. Foi presidente e relator da Comissão de Educação, relator da Comissão de Finanças e Orçamento Público e membro da Comissão de Legislação e

Em 2000, nas eleições municipais, foi reeleito vereador com 3.298 votos, exercendo seu segundo mandato como um dos mais combatentes líderes da oposição. Foi presidente e relator da Comissão de Educação, relator da Comissão de Finanças e Orçamento Público e membro da Comissão de Legislação e Justiça.

 

Em 2003 o prefeito enviou um projeto para a Câmara aumentando os impostos municipais. Felipe Attiê liderando os vereadores da oposição conseguiu aprovar uma emenda de sua autoria reduzindo o imposto Sobre Serviços ISS, de várias categorias empresariais. Oficinas, salões de beleza, copiadoras, hotéis, correios e mais de 150 categorias foram beneficiadas, gerando menos impostos e mais empregos.

 

Iniciado em 2003, o “Programa Curtir é Viver! Diga sim à Vida” foi criado diante do avanço do problema das drogas: abuso, tráfico, criminalidade, doença, deterioração familiar e morte de milhares de pessoas todos os anos em nosso país, Felipe Attiê, assombrado com a incidência de pessoas cada vez mais jovens no mundo perdido e percebendo a relação estreita de drogas e criminalidade. O programa tem como objetivo orientar nossos educadores e pais como manter nossos jovens longe das drogas e melhorar o ambiente educacional de nossas escolas valorizando a vida e o ser humano.

 

É realizado dentro do “Programa Curtir é Viver! Diga sim à Vida” um trabalho com a 3° idade, através da promoção mensal de bailes e serviços comunitários para os idosos de Uberlândia.

 

Principais leis aprovadas por Felipe Attiê durante o mandato:

 

Lei Nº 7785/01 (Prêmio Irmã Dulce) - Modifica A Lei Nº 5551/92 Que Institui Prêmio Irmã Dulce Da Fraternidade E Da Outras Providências.

 

Lei Nº 7859/01 (Dia Religião Espírita) - Modifica A Redação Da Lei 7540/00 Que Institui O Dia Da Religião Espírita.

 

Lei Nº 7773/01 (Remissão Multas De Trânsito) - Autoriza O Município De Uberlândia A Proceder À Remissão Total E Parcial De Débitos Oriundos Das Multas De Trânsito E Dá Outras Providências.

 

Lei Nº 8277/03 (Ipremu) - Altera Os Artigos 71 E 72 Da Lei 8049/02, Que Dispõe Sobre O Instituto De Previdência Dos Servidores Do Município, Disciplina O Regime De Previdência Social, Institui O Seu Plano De Custeio E Dá Outras Providências.

 

Lei Nº 8278/03 (Funsaúde) - Altera Art. 19 Da Lei 7459/99, Que "Autoriza O Poder Executivo A Instituir A Fundação Municipal De Saúde De Uberlândia, Estado De Minas Gerais – Funsaúde

 

Lei Nº 8484/03 (Ipremu) - Altera Do Caput E O Inciso Iv Do Art. 71, Modificados Pela Lei 8277/03 E O § 3º Do Art. 72 Da Lei 8049/02, Que Dispõe Sobre O Instituto De Previdência Dos Servidores Públicos Do Município, Disciplina O Regime De Previdência Social, Institui O Seu Plano De Custeio E Dá Outras Providências

 

Lei Nº 8917/04 (Feira Da Gente) - Torna Oficial A Feira Dos Artesãos Denominada De Feira Da Gente.

 

Lei Complementar Nº 313/03 (Código Do Contribuinte) - Estabelece Normas De Proteção E Garantia Ao Contribuinte Do Município De Uberlândia

Decreto Legislativo Nº 212/00 (Virgílio Galassi) - Declara Prefeito Do Século O Atual Prefeito Virgílio Galassi.

 

Emendas A Lei Complementar Nº 149/03 (Redução Do Issqn) - Dispõe Sobre O Imposto Sobre Serviços De Qualquer Natureza E Dá Outras Providências

Justiça.

 

Em 2003 o prefeito enviou um projeto para a Câmara aumentando os impostos municipais. Felipe Attiê liderando os vereadores da oposição conseguiu aprovar uma emenda de sua autoria reduzindo o imposto Sobre Serviços ISS, de várias categorias empresariais. Oficinas, salões de beleza, copiadoras, hotéis, correios e mais de 150 categorias foram beneficiadas, gerando menos impostos e mais empregos.

 

Iniciado em 2003, o “Programa Curtir é Viver! Diga sim à Vida” foi criado diante do avanço do problema das drogas: abuso, tráfico, criminalidade, doença, deterioração familiar e morte de milhares de pessoas todos os anos em nosso país, Felipe Attiê, assombrado com a incidência de pessoas cada vez mais jovens no mundo perdido e percebendo a relação estreita de drogas e criminalidade. O programa tem como objetivo orientar nossos educadores e pais como manter nossos jovens longe das drogas e melhorar o ambiente educacional de nossas escolas valorizando a vida e o ser humano.

 

É realizado dentro do “Programa Curtir é Viver! Diga sim à Vida” um trabalho com a 3° idade, através da promoção mensal de bailes e serviços comunitários para os idosos de Uberlândia.








INSTAGRAM
TWITTER
FACEBOOK