« Voltar
Biografia

Origem e Formação  
  

A história de um liberal defensor do estado mínimo

Experiente político mineiro e atualmente deputado estadual em Minas Gerais, Felipe Attiê têm 47 anos, 24 deles dedicados à vida pública.

Tamanha paixão pela política tem origem familiar. Seu avô materno, José Fonseca e Silva foi um dos prefeitos de Uberlândia entre 1947 e 1950 e um dos políticos que mais contribuiu para o crescimento da cidade, bem como seu tio, José Jairo Fonseca, ex-vereador, também conhecido por sua dedicação e interesse no desenvolvimento de Uberlândia durante seu mandato (1973/1976) na Câmara Municipal.

Além da tradição familiar, Felipe Attiê recebeu forte influência do Dr. Homero Santos, ilustre político mineiro que dedicou mais de 5º anos à vida pública. Foi vereador e presidente da Câmara Municipal de Uberlândia (1960), deputado estadual, presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), deputado federal, ocupando diversos cargos da mesa diretora do Congresso Nacional; também foi presidente do Tribunal de Contas da União (TCU) e vice-presidente da Caixa Econômica Federal.

Em seus cinco mandatos como vereador, Felipe Attiê sempre se destacou na carreira política com trabalhos voltados para a prevenção ao uso de drogas, na informatização e apoio às escolas estaduais, sendo um dos que mais leis aprovou em plenário na cidade de Uberlândia.

Em sua atuação como deputado estadual destaca-se pela duras críticas ao modelo de estado paternalista, aos gastos públicos e defesa da reforma administrativa.

Tem mostrado enorme engajamento contra as corrupções do governo e não se faz indiferente à gestão do estado de Minas e suas atuações. Está sempre lutando pela ordem e o equilíbrio das contas públicas, verbas e necessidades do povo.

Afiliado ao PTB, do qual é líder na região do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, Felipe Atttiê é atualmente um dos deputados que mais liberou verbas para hospitais e para a educação.

 

As bases de sua carreira

Felipe José Fonseca Attiê nasceu em Uberlândia, Minas Gerais, no dia 28 de março no ano de 1969. Filho de Américo Attiê e Lúcia Fonseca Attiê (in memorian), é casado com a odontóloga Luciana Zaiden Santos Attiê e tem três filhos, Maria Fernanda, Luiz Felipe Santos Attiê e Yasmin Santos Attiê.

Graduado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), (turma de 1991) e em Administração pela mesma universidade (1992);

Sempre buscando novos conhecimentos, Felipe Attiê realiza com frequência diversos cursos que possam ampliar o seu trabalho na vida pública, entre os quais destaca-se:

  •  Novas Tecnologias Aplicadas à Administração Pública pela Georgetown University Washington DC (2001);
  • Programa de Fronteiras em Gestão Pública na Fundação Dom Cabral realizado na cidade de Belo Horizonte – MG (2012)
  • Conferência “Constituição e Crise” na Faculdade de Direito em Lisboa – Portugal (2015)
  •  Curso Sênior Amana-Key, ministrado por Oscar Motomura, dirigido a líderes, para atualização no que existe de mais avançado e inovador em Gestão, Estratégia e Formação de Líderes (2016).

 

Os passos na caminhada política

Assim como muitos brasileiros que procuram com dignidade um resultado positivo para nosso país, a história política de Felipe Attiê se assemelha a de muitos outros, pois segundo ele, “entrar na vida pública não é tarefa para qualquer um, é um trabalho árduo que requer disciplina, esforço e desejo de exercer maior influência na comunidade”.

Attiê tem uma vontade expressiva de ajudar na melhoria da qualidade de vida da população. Talento e vocação para a carreira política tem de sobra, daí o reconhecimento da comunidade local e eleitores em geral.

Aos 13 anos elegeu-se presidente do Grêmio Estudantil da Escola de Uberlândia (Museu) com a chapa “ET” – Estudantes Trabalhadores. Na graduação foi presidente do Diretório Acadêmico (DA) do curso de Administração da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e também presidente interino do Diretório Central dos Estudantes da UFU;

Em 1992, atuou como proprietário e administrador, realizando promoções e produções de shows artísticos, festas, convenções em feiras de Uberlândia e região, na empresa G4 Produções e Promoções. Nas rádios Difusora, Educadora e Cultura AM, foi apresentador e locutor.

Em 1994, iniciou no rádio o programa “Sempre Aqui”, na época um dos maiores sucessos de Uberlândia e região.

Em 1996, transferiu-se para a Rádio Educadora e depois para a Cultura mantendo-se líder de audiência, com os seguintes quadros: Defesa dos Direitos do Consumidor, Notícia Crítica Comentada, Prestação de Serviços por meio de Assessoria Jurídica, Dicas de Saúde, Reclamações Populares e reivindicações junto às autoridades federais, estaduais e municipais.

Felipe Attiê esteve na Rádio de Uberlândia até o ano 2000, quando encerrou suas atividades em rádio para dedicar-se com exclusividade ao mandato popular.

Em 1996, aos 26 anos, foi eleito vereador em Uberlândia pelo PFL, vencendo quatro outros vereadores inclusive o então Presidente da Câmara Municipal. Foi reeleito em 2000, 2004, 2008 e 2012 com votações expressivas.

Devido a esse fato, foi convidado pelo então prefeito de Uberlândia, Odelmo Leão para assumir a Secretaria de Habitação onde exerceu o mandato 2009/2012 construindo mais de 18.000 casas e apartamentos populares, sendo um recorde nacional neste período;

Em 2014, Felipe Attiê foi eleito deputado estadual com 64.597 votos, sendo o candidato mais bem votado em Uberlândia para o cargo.

 

Um político preparado e dedicado à Uberlândia

No período de 1993 a 1996, Felipe Attiê se interessa pela política de uma forma mais restrita, que compensou seu esforço e despertou a necessidade e condição de cidadão. Desempenhou na Prefeitura Municipal de Uberlândia, os cargos de assessor de gabinete e chefe de gabinete em exercício, do então prefeito Paulo Ferolla da Silva.

Nesse período exerceu atividades de atendimento ao público, acompanhamento das diversas seções da Prefeitura, emissões de relatórios periódicos sobre os problemas enfrentados pela administração e proposta para solucioná-los tendo representado o prefeito em solenidades e diversos trabalhos de assessoria.

Em 1996 foi eleito vereador pela primeira vez aos 26 anos, com 2.024 votos. Durante seu primeiro mandato (1997/2000) apresentou atividades com representação popular, exercendo a função de fiscal dos atos do executivo na administração dos recursos do município expressos no Orçamento Municipal;

No ano de 1997, foi vice-presidente da Câmara Municipal de Uberlândia, substituindo o presidente em suas ausências e impedimentos e acompanhando trabalhos administrativos realizados dentro e fora da Câmara durante sua gestão;

Em 2000, nas eleições municipais, foi reeleito vereador com 3.298 votos, exercendo seu segundo mandato até 31 de dezembro de 2004, como um dos mais combatentes líderes da oposição. Foi presidente e relator da Comissão de Educação, relator da Comissão de Finanças e Orçamento Público e membro da Comissão de Legislação e Justiça;

Chegou ao terceiro mandato em 2004, conseguindo expressivos 4.177 votos, sendo um dos mais votados na ocasião e terceiro vereador mais votado do Extinto PFL em todo o estado de Minas Gerais, para exercer a função de vereador de 2005 a 2008. Neste período, Felipe Attiê exerceu importantes funções na casa do povo;

No biênio 2005-2006 foi presidente da Comissão de Educação e Relator da Comissão de Finanças e Orçamento. No período seguinte 2007-2008 Primeiro Secretário (Ordenador de despesas) e relator da Comissão de Finanças e Orçamento;

No mandato 2009-2012 elegeu-se com 5.901 votos e licenciou-se da Câmara para assumir a Secretaria Municipal de Habitação. Como Secretário de Habitação, Felipe Attiê promoveu a construção de mais de 18.000 moradias populares ajudando milhares de famílias, sendo considerada pela Caixa Econômica Federal um recorde nacional.

Fez também a regularização fundiária e levou drenagem, asfalto e saneamento a diversos bairros dentre eles: Zaire Rezende, Celebridade, São Francisco, Joana Darc e Minas Gerais;

Em 2012, foi eleito para o 5° mandato com 8.395 votos, sendo o 14° vereador mais votado em todo o Estado de Minas Gerais dentre as 853 cidades que elegeram vereadores e 2° colocado em Uberlândia. Lidera a oposição em Uberlândia neste mandato, travando uma verdadeira batalha contra o aumento abusivo dos impostos de até 600% pelo atual governo do PT. Tendo ingressado na justiça com uma ação popular, para suspender o aumento abusivo do IPTU em 2014. Obteve vitória de forma liminar, o que cancelou este aumento abusivo;

Eleito deputado estadual em 2014, Attiê conseguiu a nobreza de ter recebido 0.62% dos votos, o que equivale à 64.597, sendo o deputado com maior votação em Uberlândia.

Atualmente, Felipe está em seu segundo ano como deputado estadual de Minas Gerais e continua a exercer com enorme aprovação popular sua vocação política.








INSTAGRAM
TWITTER
FACEBOOK